A conciliação pode ser mais indicada quando há uma identificação evidente do problema, quando este problema é verdadeiramente a razão do conflito - não é a falta de comunicação que impede o resultado positivo. Essa polarização pede uma intervenção do conciliador no sentido de um acordo justo para ambas as partes e no estabelecimento de como esse acordo será cumprido. Causas trabalhistas costumam ser um objeto onde a conciliação atua com eficiência.

 

Tanto a mediação quanto a conciliação são soluções alternativas de conflitos que ajudam a desobstruir a Justiça, socializam o processo de entendimento entre as pessoas e aceleram a resolução dos problemas.

Nesse ponto é importante escolher um escritório que está familiarizado com as técnicas de negociação, especialmente aquelas de abordagem integrativa, já que um acordo integrativo gera um resultado negociado que não desperdiça recursos e tem como objetivo último um acordo chamado de ganha-ganha (termo utilizado para descrever negociações entre pessoas que estão interessadas no bem estar das partes).

Os acordos integrativos possuem benefícios: prioriza o relacionamento dos negociadores já que um acordo mutuamente recompensador fortalece o relacionamento entre as partes e as corporações cujos funcionários/negociadores atuam de forma integrada se beneficiam, de um modo geral, dessa abordagem, pois os departamentos ajustam as suas diferenças de modo eficaz.

Go to top